sábado, setembro 13, 2008

Custos do Acidente do trabalho

video

1-Quais são os custos que as empresas tem com os acidentes e doenças do trabalho? Quais as conseqüências desses custos?Sem entrar no mérito da conceituação didática do custo de acidente do trabalho (este também inclui as doenças do trabalho), este importe é composto pelo custo direto e indireto. O custo direto, em sua maior parte, é bancado pelo Seguro Social, que garante o salário do acidentado após o 15° dia de afastamento. A empresa também contribui com o custo direto, custeando despesas médico, hospitalares e farmacêuticas, bem como transporte do acidentado e pagamento de salário dos primeiros 15 dias de afastamento. O custo indireto, por sua vez, é assumido integralmente pela empresa, compondo-se de parcelas nem sempre facilmente mensuráveis, tais como:· período improdutivo de outros trabalhadores; em geral, os colegas do trabalhador acidentado interrompem a produção, seja para socorrê-lo, seja para comentar a respeito do ocorrido; · salário pago ao acidentado não coberto pelo INSS, relativo aos pequenos acidentes enquanto o trabalhador se encontra no ambulatório da empresa; · horas extras remuneradas em conseqüência do acidente que gerou atraso na produção, ou ainda, relativo a reparo e/ou substituição de equipamento envolvido; · despesas com a investigação do acidente; · redução da eficiência do trabalhador ao retornar às atividades, durante o período de readaptação ao trabalho, por receio de sofrer novo acidente; · treinamento do substituto do acidentado; · material ou equipamento danificado durante o acidente; · despesas médicas não cobertas pelo seguro de acidentes do trabalho e outras.Obviamente a principal conseqüência do custo de acidente do trabalho é impactar os custos da empresa, majorando o preço final do produto ou serviço. Existem outras conseqüências como desprestígio da empresa, bem como a organização passa a ser alvo de fiscalizações do Ministério do Trabalho, intervenção do Ministério Público e Sindicatos e outros disabores.

Nenhum comentário: